Exportação brasileira de café solúvel à UE pode crescer 35% com acordo comercial

SÃO PAULO (Reuters) – A Associação Brasileira de Café Solúvel (Abics) avaliou como “extraordinário” para o setor o acordo entre UE e Mercosul anunciado nesta sexta-feira, que deve permitir que o país exporte 35% a mais para os europeus em cinco anos, disse o diretor de Relações Institucionais da entidade, Aguinaldo José de Lima.

Apesar de uma tarifa de 9%, a União Europeia é o segundo principal destino do café solúvel brasileiro, o que indica que o país já tem uma base importante para avançar mais no mercado europeu após o acordo com o Mercosul, acrescentou Lima em entrevista à Reuters.

A tarifa atualmente coloca o Brasil em “dificuldade” frente aos produtores europeus de café solúvel e também em relação ao Vietnã, que já tem um acordo com a UE, acrescentou ele.

O diretor da Abics explicou que a tarifa de 9% cairá 25% ao ano, segundo o acerto, chegando zerada ao quinto ano após a implementação do pacto.

Dessa forma, os embarques brasileiros de café solúvel, atualmente em 450 mil sacas/ano (equivalentes) aos europeus, poderiam crescer de forma importante. Anualmente, o Brasil exporta para todos os destinos 3,7 milhões de sacas (equivalentes).

Na avaliação do diretor da Abics, o acordo ainda pode viabilizar investimentos, ao mesmo tempo em que beneficia a indústria brasileira de café torrado e moído, que praticamente não exporta aos europeus e também foi incluída no acordo.

O Brasil, além de ser o maior produtor e exportador de café verde, também é líder na exportação de solúvel.

Um acordo comercial como esse permite a exportação de um produto com maior valor agregado, uma vez que o preço do café solúvel é 80% maior que o verde.

Por Roberto Samora

Foto: REUTERS/Toby Melville

Outras notícias

Café solúvel: Abics manifesta repúdio e indignação com MP nº 1.227​

7 de junho de 2024

Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel — Abics Manifestação de repúdio e indignação com a MP nº 1.227 A Associação Brasileira da ...

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre, para 5.235 toneladas

16 de abril de 2024

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação e capacitação de ‘IC Graders’ O consumo de ca...

Consumo de café solúvel cresce 5,2% em 2023 no Brasil, para o recorde de 24,2 mil t

25 de janeiro de 2024

Esse é o oitavo ano consecutivo em que o consumo avança no país; exportação do segmento teve evolução mais discreta, de 0,4%, chegando a 86,5 mil t...

Abics forma primeiros profissionais para avaliação sensorial do café solúvel

15 de junho de 2023

Associação realizou curso de capacitação de IC Graders, que formou provadores com base na metodologia global de análise sensorial do produto desenv...
plugins premium WordPress