ES: governador recebe diretoria de empresa de café que será instalada em Linhares

Por Ascom do Governo do ES — O governador do Estado, Renato Casagrande, recebeu, no dia 28 de agosto, no Palácio Anchieta, em Vitória (ES), a diretoria do Grupo Café Cacique. A empresa vai construir um empreendimento de café solúvel no município de Linhares, com investimento de aproximadamente R$ 300 milhões, gerando mais de 200 empregos diretos e 600 indiretos. Participaram do encontro o CEO do Grupo, Sérgio Pereira, os diretores da empresa, Paulo Ferro e Júlio Grassano, além do prefeito de Linhares, Guerino Zanon, e do secretário de Estado Desenvolvimento, Marcos Kneip.

A pedra fundamental da empresa deve ser lançada no próximo dia 25 de outubro e o início das operações está previsto para o início de 2021. O governador destacou a importância da instalação de grandes empresas e a geração de empregos no Estado.

“O maior problema deste país é a desigualdade e a forma de enfrentar esse desafio é com a geração de empregos, com oportunidades. Ter empresas se instalando em nosso Estado aumenta a renda das famílias e torna o Espírito Santo mais justo, mais igual e mais competitivo”, disse Casagrande.

Já o secretário de Desenvolvimento, Marcos Kneip, falou sobre a importância do empreendimento para a melhoria do ambiente de negócios do Espírito Santo. “Trata-se de um grupo que vai fortalecer a economia local, adquirindo o café conilon com os produtores capixabas, fortalecendo ainda mais a geração de emprego e renda para os capixabas”, pontuou.

Com 60 anos de atuação em Londrina, no Paraná, esta é a primeira vez que o grupo decide investir em uma planta fora de seu estado natal. Para Kneip, isto mostra o empenho do Governo do Estado para a atração de novas empresas ligadas à inovação e à sustentabilidade.

“O Espírito Santo tem importantes características sociais e econômicas, que se mostram atrativas aos investidores, e tem feito grande esforço em conquistar empresas cada vez mais sustentáveis e inovadoras. Este grupo tem um ciclo totalmente fechado. Ou seja, nada é descartado. Eles vão reutilizar até a borra do café para a produção de energia, e os ganhos ambientais são enormes. Tenho certeza que é mais uma importante ação para o desenvolvimento da nossa cadeia produtiva”, explicou o secretário.

Outras notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre, para 5.235 toneladas

16 de abril de 2024

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação e capacitação de ‘IC Graders’ O consumo de ca...

Consumo de café solúvel cresce 5,2% em 2023 no Brasil, para o recorde de 24,2 mil t

25 de janeiro de 2024

Esse é o oitavo ano consecutivo em que o consumo avança no país; exportação do segmento teve evolução mais discreta, de 0,4%, chegando a 86,5 mil t...

Abics forma primeiros profissionais para avaliação sensorial do café solúvel

15 de junho de 2023

Associação realizou curso de capacitação de IC Graders, que formou provadores com base na metodologia global de análise sensorial do produto desenv...

Upping the game in Instant Coffee

1 de junho de 2023

By Vanessa L Facenda / Tea & Coffee Trade Journal — A new methodology, the first of its kind, assesses the quality of instant coffee byits attr...
plugins premium WordPress