Cafés solúveis do Brasil marcam presença na Green Coffee Summit 2021

Participação em um dos principais eventos on-line promovido pela Specialty Coffee Association (SCA) reflete os trabalhos de promoção internacional da qualidade e da diversidade do produto brasileiro

Pela primeira vez na história, a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics) participou, hoje, 26 de agosto, da SCA Green Coffee Summit 2021, evento de abrangência mundial promovido pela Specialty Coffee Association (SCA). O ineditismo da participação valoriza o café solúvel em nível mundial e destaca o Brasil como grande protagonista global.

Segundo o diretor de Relações Institucionais da entidade, Aguinaldo Lima, o convite e a consequente participação do segmento de café solúvel do Brasil na cúpula refletem os trabalhos de promoção da qualidade e da diversidade do produto nacional que vem sendo desenvolvidos.

“O convite demonstra o reconhecimento da importância do café solúvel no consumo mundial e resulta dos bons resultados do setor nacional. Através de diversas parcerias, como a firmada com a Apex-Brasil, que criou a identidade institucional ‘Explore and Enjoy’ para o mercado externo e a ‘Crie e Curta’ ao mercado interno, elevamos nosso setor a um novo patamar, alcançando recordes em produção, exportação e consumo interno, o que chamou a atenção da SCA para conhecer nossas ações. Isso é extraordinário por ser a primeira vez que um evento dessa associação global envolve o solúvel”, celebra.

Representando a entidade na Green Coffee Summit 2021, o conselheiro Bruno Giestas, diretor Comercial da Realcafé, apresentou a estrutura e a capacidade das indústrias de café solúvel no Brasil, os números do setor e destacou a criação, por parte da Abics, de oportunidades e valores interno e externo de mercado, através, por exemplo, do posicionamento dos produtos para atrair os diversos segmentos de consumo, envolvendo qualidade, preços, cafés especiais e convencionais e a cadeia de fornecedores de insumos.

Ao destacar o objetivo da Associação em incrementar o consumo, as exportações e agregar valor ao produto, o dirigente da Abics salientou a “Metodologia de Análise Sensorial para Café Solúvel” que a entidade vem criando e que será introduzida, em nível mundial, como um instrumento para diferenciar o produto por qualidade e valor de mercado.

Giestas concluiu que, após o biênio 2019-2020, com desempenhos crescentes e recordes em exportação e consumo interno, o segmento, diante dos entraves ocasionados pela pandemia da Covid-19, deve ver freada essa ascensão em 2021, conforme revisão que a Abics vem realizando em suas projeções, com base no desempenho registrado até julho deste ano.

Mais informações para a imprensa

Assessoria de Imprensa – Abics

Paulo André C. Kawasaki

(61) 98114-6632 / pauloandre@agenciap1.com.br

Outras notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,2% em 2023 no Brasil, para o recorde de 24,2 mil t

25 de janeiro de 2024

Esse é o oitavo ano consecutivo em que o consumo avança no país; exportação do segmento teve evolução mais discreta, de 0,4%, chegando a 86,5 mil t...

Abics forma primeiros profissionais para avaliação sensorial do café solúvel

15 de junho de 2023

Associação realizou curso de capacitação de IC Graders, que formou provadores com base na metodologia global de análise sensorial do produto desenv...

Upping the game in Instant Coffee

1 de junho de 2023

By Vanessa L Facenda / Tea & Coffee Trade Journal — A new methodology, the first of its kind, assesses the quality of instant coffee byits attr...

Exportação de café solúvel do Brasil cresce 29% em abril e 1% no ano

12 de maio de 2023

Setor é o único da cafeicultura nacional a apresentar desempenho positivo no primeiro quadrimestre de 2023 As exportações brasileiras de café so...
plugins premium WordPress