Café solúvel: mercado segue crescendo entre os concorrentes

A Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics) divulgou o levantamento mensal em que aponta que o segmento do café solúvel teve um desempenho positivo nos primeiros quatro meses deste ano. As exportações somaram o equivalente a 1.329.923 sacas de 60 kg. Os industriais brasileiros registraram crescimento de 7,3% na comparação com os embarques em mesmo período do ano passado. Em receita cambial, o avanço foi de 0,5% na mesma comparação, com os ingressos rendendo US$ 181,4 milhões ao Brasil.

Segundo Aguinaldo José de Lima – Diretro de Relações Institucionais, após passar bater recorde de exportação em termos de volumes, havia uma expectativa para 2020 de 5%, com a previsão de bater novamente os números de exportações. “Há duas semanas atrás,  em função dos impactos da pandemia, por cautela recomendamos que nossas empresas trabalhassem com uma previsão entre 1 e 5%, e para nossa surpresa veio um resultado de 7,3% de aumento no volume”, afirma. 

Os números deixam o mercado de café solúvel, indicando que não há neste momento nenhuma alteração nos pedidos e comercialização. “Significa que a vá atingir os 5% do crescimento, talvez até mais um pouquinho”, comenta. Aguinaldo destaca ainda que para os próximos meses, apesar das incertezas que sonda todo o setor financeiro, a expectativa é que os números de exportação continuem sendo positivo.

Entre as 15 principais nações compradoras de café solúvel do Brasil, destacam-se duas que também fabricam o produto. “O México e a Holanda estão entre os grandes produtores de solúvel e apresentaram crescimento surpreendente quando comparamos com as importações que realizaram no primeiro quadrimestre de 2019. Os holandeses aumentaram em 1.435% e os mexicanos em 555% as compras do produto brasileiro”, informa.

O mercado brasileiro também apresentou crescente interesse pelo solúvel nacional. O consumo da bebida no primeiro quadrimestre apresentou um aumento de 11% na comparação com idêntico intervalo anterior, saltando de 251 mil sacas, em 2019, para as atuais 298 mil sacas entre janeiro e abril.

Veja a entrevista completa no vídeo.

Outras notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,2% em 2023 no Brasil, para o recorde de 24,2 mil t

25 de janeiro de 2024

Esse é o oitavo ano consecutivo em que o consumo avança no país; exportação do segmento teve evolução mais discreta, de 0,4%, chegando a 86,5 mil t...

Abics forma primeiros profissionais para avaliação sensorial do café solúvel

15 de junho de 2023

Associação realizou curso de capacitação de IC Graders, que formou provadores com base na metodologia global de análise sensorial do produto desenv...

Upping the game in Instant Coffee

1 de junho de 2023

By Vanessa L Facenda / Tea & Coffee Trade Journal — A new methodology, the first of its kind, assesses the quality of instant coffee byits attr...

Exportação de café solúvel do Brasil cresce 29% em abril e 1% no ano

12 de maio de 2023

Setor é o único da cafeicultura nacional a apresentar desempenho positivo no primeiro quadrimestre de 2023 As exportações brasileiras de café so...
plugins premium WordPress